A reforma trabalhista vai prejudicar você. Fique atento!

14433007_208733909544696_3870618875225290925_n
O governo teve de voltar atrás após a má repercussão da proposta de jornada de trabalho de 12 horas, mas isso não quer dizer que o assunto foi deixado de lado e a ameaça tenha ido embora.
As alterações na legislação estão centradas na terceirização e na flexibilização da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).
Uma das propostas é fazer com que acordos feitos entre sindicatos e empresas prevaleçam sobre a legislação.

Mas como as empresas são muito maiores – e portanto têm muito mais poder – trabalhadores e sindicatos podem ser forçados a ceder às pressões na hora de fechar acordos, já que elas estão preocupadas apenas com seus lucros e não com o bem-estar do trabalhador.

Mas não é só isso: com a terceirização irrestrita (prevista na proposta), você pode ser demitido e recontratado como terceirizado. Obviamente com um salário menor.

 

Deixe uma resposta