Fique atento: a terceirização pode ser aprovada nos próximos dias!

14907241_235806086837478_7380711246096659810_nO Supremo Tribunal Federal (STF) pode tomar uma decisão que vai permitir a terceirização “ampla, geral e irrestrita” no mercado de trabalho. A previsão é que a votação aconteça no dia 9 de novembro.

Tudo começou com uma decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que condenou a Celulose Nipo Brasileira S/A (Cenibra), de tercontratado trabalhadores terceirizados para sua atividade fim (algo que, por enquanto, não é permitido). O TST definiu a ação da empresa como “transferência fraudulenta e ilegal” de mão de obra, com o “nítido propósito de reduzir custos de produção”.

Acontece que a Cenibra recorreu ao STF, que deve decidir, nesta quarta-feira, se mantém ou não a decisão do TST.

É aí que mora o problema. Se o STF julgar que o que a Cenibra fez não é ilegal, isso vai passar a valer em todas as outras instâncias da Justiça e, na prática, vai liberar a terceirização de todo tipo de atividade no País.

Deixe uma resposta