O governo quer que você desista da Previdência Social. Isso não é bom.

 

1-lOnoN0P7cvBpqBxEFD3-Ug.png

Existe uma forma bastante ardilosa de fazer uma pessoa desistir de algo. Torne esta coisa inalcançável. A pessoa tenta, se esforça, mas chega um ponto em que desiste, porque percebe que nunca vai conseguir.

Pois é exatamente a esta conclusão que o governo quer que você chegue a respeito da Previdência. Se o projeto da reforma previdenciária for aprovado, aposentar-se pelo INSS vai ser tão difícil e provavelmente desvantajoso financeiramente, que os trabalhadores vão acabar optando pela previdência privada, embora esses dois sistemas sejam diferentes e tenham objetivos completamente distintos.

A Previdência Social tem como princípios constitucionais a solidariedade e a contributividade e um dos seus objetivos é diminuir a desigualdade social. Já previdência privada, sendo parte do sistema financeiro, tem como principal objetivo dar lucro. Para o banco, claro. Desigualdade social não é preocupação de banco.

É por isso que a previdência privada deve ser encarada, no máximo, como algo complementar e não como um substituto da Previdência Social. É por isso também que defendê-la vai fazer toda a diferença para o seu futuro e para o futuro de todos os brasileiros.

Deixe uma resposta