Oito homens mais ricos têm riqueza igual à de metade da população

1-6LrvCfeWpsOJKQ-7O7MTzg

OITO homens brancos e bilionários têm patrimônio igual ao de METADE da população do mundo, ou 3,6 bilhões de pessoas. O relatório “Uma economia humana para os 99%”, elaborado pela Oxfam, deixa ainda mais evidente a extrema desigualdade econômica, de gênero e racial que a gente vive. O estudo mostra que existem 1.810 bilionários com um patrimônio total de US$ 6,5 trilhões, em uma população de 7,2 bilhões de pessoas, e 89% deles são homens. A riqueza dos 1% mais ricos é igual à de todos os outros habitantes do planeta.

Essa desigualdade se reflete também na política e na sociedade. No Brasil, as mulheres são 51,4% da população, mas ocupam menos de 10% das cadeiras do Congresso Nacional. Ou seja, você pode ter todo o mérito do mundo, mas é muito difícil chegar no topo se você não tem determinados privilégios.

Entre as causas para essa desigualdade apontadas pelo relatório estão a evasão fiscal, a influência dos super-ricos sobre as políticas e o arrocho de trabalhadores, cujos salários permanecem inalterados ou diminuem enquanto a remuneração de altos executivos de empresas aumenta. Até trabalho forçado ou análogo à escravidão é usado para aumentar o lucro. “Os trabalhadores menos remunerados e que trabalham nas condições mais precárias são, predominantemente, mulheres e meninas”, diz o documento.

Deixe uma resposta