Idosos e pessoas com deficiência vão ficar cada vez mais desprotegidos com a Reforma da Previdência

 

1-yOrT6-v3cdSp6_o_kRlFmg.gifIdosos e pessoas com deficiência da parcela mais pobre da população vão ficar cada vez mais desprotegidos com a Reforma da Previdência. É que o Benefício de Prestação Continuada (BPC) vai mudar se ela for aprovada. Hoje pessoas com deficiência e idosos que comprovem renda mensal de até 1/4 de salário mínimo por pessoa da família têm direito ao benefício de um salário mínimo. A proposta muda isso.

A idade mínima para idosos sobe de 65 para 70 anos e o benefício passa a ser desvinculado do salário mínimo. O valor, segundo a proposta, vai ser decidido por lei complementar, ainda não divulgada. Mas o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, já deixa bem claro que a intenção é diminuir. A justificativa para a mudança diz que “o valor pago pelo BPC deve ter alguma diferenciação do piso previdenciário, sobretudo quando o salário mínimo se encontra no pico da sua série histórica”.

Deixe uma resposta