Sabe aquele concurso público para o qual você vem estudando há anos? Pois ele não vai acontecer mais

1-oFZz14B7YSNpRbj-V_kbsQ.png

 

O artigo 37 da Constituição Federal trata da contratação do funcionalismo público e diz que o preenchimento de vagas nesse setor tem de ser feita por meio de concurso.

Mas isso pode acabar, de acordo com procuradores do Ministério Público do Trabalho (MPT), que analisaram o Projeto de Lei n.º 30/2015, que trata da terceirização.

Isso porque a terceirização poderá ocorrer também no serviço público, o que permitirá a contratação de pessoas sem a realização de concursos.

Outro problema, alertam os procuradores, é que uma terceirizada estará muito mais suscetível a indicações e pressões de agentes públicos em suas escolhas, o que aumenta muito a possibilidade de fisiologismo e nepotismo.

O estudo diz também que se o texto for aprovado, poderá haver aumento da corrupção. Isso porque, nas palavras dos procuradores “a corrupção acontece principalmente na contratação de terceiros para a contratação de serviços e fornecimento de mão de obra aos entes públicos”. Para lembrar como isso vem acontecendo com frequência, eles citam como exemplo a operação Lava Jato.

Deixe uma resposta