Quem decide o que fazer com o dinheiro do FGTS é o trabalhador, não o banco!

1-D7l0H5dRu9JIrIa4S2O1dA

O consumidor é quem decide como vai utilizar os recursos de contas inativas do FGTS e não o banco. Por isso, se você optou por receber a grana de contas inativas no banco, mas tem dívida com a instituição financeira, saiba que seu dinheiro não pode ser tomado para o pagamento desses débitos.

“Tais recursos têm natureza alimentar, assim como o salário, não podendo ser bloqueados para quitação de débitos”, declarou Claudia Silvano, diretora do Procon-PR e presidente da Associação Brasileira de Procons (Procons Brasil).

A utilização dos recursos é uma escolha do consumidor que, obviamente, pode usá-los para negociar dívidas com bancos. A Procons Brasil afirma que, se qualquer débito for realizado sem o consentimento do consumidor, a primeira coisa a se fazer é pedir o desbloqueio dos valores junto à instituição financeira. Se não der certo, o passo seguinte é registrar a reclamação nesta plataforma ou no Procon da sua cidade.

Deixe uma resposta